Estudantes expõem artes visuais em homenagem ao Dia Internacional da Mulher na Assembleia Legislativa da Bahia

‘Imaginário Feminino do Universo Estudantil’. Este é o título da mostra que reunirá 15 obras e duas esculturas de estudantes da rede estadual selecionadas pelo projeto Artes Visuais Estudantis (AVE), de segunda (5) a sexta-feira (9), no saguão Espaço Cultural Josaphat Marinho, na Assembleia Legislativa (ALBA). A Mostra, que será aberta às 9h da segunda, é uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher (8/3) e revela o olhar estudantil para as identidades de gênero e étnico-racial das brasileiras.

De acordo com a coordenadora dos projetos Intersetoriais da Secretaria da Educação do Estado, Nide Nobre, nas obras, os estudantes denunciam várias problemáticas do quotidiano feminino, como a violência contra a mulher e também revelam as belezas e sentimentos femininos como a fé, a esperança e o amor. “Como estaremos na semana de comemoração do Dia Internacional da Mulher, nós buscamos fazer esse recorte e expor obras que trouxessem os olhares dos nossos estudantes sobre o imaginário feminino desde a mãe África à natureza, aos tipos sociais de mulheres e suas ilusões, enfim, para mostrar que, apesar das lutas e persistências, a figura feminina ainda inspira o cuidado, a atenção, a preservação da vida, da memória e tudo isso a partir da perspectiva da arte”, afirmou.

Projeto – O projeto Artes Visuais Estudantis (AVE), desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado nas escolas, tem um caráter educativo, artístico e cultura. Foi concebido a partir de uma perspectiva abrangente, pois envolve os estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio e equivalentes (Educação de Jovens e Adultos – EJA, Ensino Normal e Tecnológico) da rede estadual de educação da Bahia.

Dentre os objetivos, o AVE propõe estimular a criação de obras de artes visuais nos contextos escolares, assim como a valorização das expressões culturais regionais; estimular o processo de embelezamento e estetização da escola e da vida; promover exposições dessas obras de arte estudantis nos contextos escolares; estimular a produção artística, buscando compreender a obra de arte como objeto de ampliação do conhecimento, assim como instrumento de mudanças; além de interagir com outras culturas.

 Projeto Tal e Ave (7)

Serviço

O que: Mostra “Imaginário Femininodo Universo Estudantil”

Onde: Assembleia Legislativa da Bahia

Quando: De 05 a 09 de março de 2018

Horas: Das 9h às 17h, de segunda a quinta e na sexta (das 9h às 12h).

Contato: Nide Nobre – 3115-9004

Secretaria da Educação promove o 5º Encontro Estudantil na Arena Fonte Nova

Mais de 30 mil estudantes da rede estadual de ensino deverão participar do 5º Encontro Estudantil: ciência, arte, esporte e cultura, de 21 a 23 de novembro, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Vindos de todas as regiões do Estado, cerca de quatro mil estudantes criadores irão expor produções científicas, artísticas, esportivas e culturais desenvolvidas durante o ano letivo 2016 nas escolas. A abertura oficial será realizada no dia 21, às 9h, no Salão das Artes (Nível 6). O encontro será aberto para a visitação pública, das 8h30 às 18h.

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, disse que o Encontro Estudantil reflete as políticas públicas implementadas pelo Governo do Estado da Bahia, que contribuem para uma escola mais dinâmica. “O Estado vem investindo pelo fortalecimento pedagógico nas escolas e o Encontro Estudantil é um reflexo destas ações, que promovem o protagonismo dos nossos estudantes, por meio dos projetos capitaneados pelos professores em sala de aula”, afirmou.

Durante estes três dias, o principal palco do futebol da Bahia abre espaço para a música, as artes visuais, a literatura, o cinema, o patrimônio, os esportes, a dança, as ciências, a matemática, a educação profissional e tecnológica, para a educação de jovens e adultos, a inovação, o empreendedorismo e a tecnologia, entre muitas outras ações formativas e educativas, por meio de projetos estruturantes desenvolvidos nos contextos escolares.

Os estudantes criadores dos distintos projetos artísticos que participarão dos cursos preparatórios, acompanhados de professores e coordenadores, começam a chegar à capital baiana no dia 16 de novembro, quando os estudantes iniciam a participação em diversas oficinas, como literatura, canto e expressão corporal. As ações são preparativas para as apresentações das finais de cada projeto que ocuparão os níveis 3, 4, 5 e 6 da Arena Fonte Nova, além de atividades de preparação em estúdios, hotéis e em campo para a apropriação do conhecimento.

Projetos – O Encontro envolverá os seguintes projetos: Festival Anual da Canção Estudantil (FACE), Artes Visuais Estudantis (AVE), Tempos de Arte Literária (TAL), Educação Patrimonial e Artística (EPA), Produção de Vídeos Estudantis (PROVE), Mostra de Dança Estudantil (DANCE), Encontro de corais (ENCANTE), Festival Estudantil de Teatro (FESTE) e a Feira de Empreendedorismo, Ciência e Inovação da Bahia (FECIBA). O evento também contará com os festivais de judô, xadrez, capoeira e Rugbyb, além de basquetebol especial, voleibol, futsal, handebol, basquete e vôlei, dos Jogos Estudantis da Rede Pública (JERP).

O encontro contará, ainda, com a Feira de Tecnologias Sociais da rede Estadual de Educação Profissional e Tecnológica da Bahia: território e intervenção social e com o Espaço Professor/Empreeendedor.  A atividade inclui a tenda digital, além de Simulador de Voo e da Caixa Preta, do Centro Juvenil de Ciência e Cultura.

Na programação, ainda, constam o segundo Encontro Estadual de Líderes de Classe, Exposição dos 10 anos do programa Todos pela Alfabetização (TOPA), contação de histórias e Transmissão do evento, ao vivo, para os estudantes das telesalas de aula do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC). A atividade marcará os lançamentos da Plataforma Anísio Teixeira e do Programa ‘Nas Ondas da Rede’ da Rádio Anísio Teixeira, a realização de palestras sobre a vida e obra de Anísio Teixeira, bem como de apresentações sobre o Instituto Anísio Teixeira e centros de formação de profissionais da Educação do país.

Foto: Ilustração / Claudionor JuniorDSC_0044

Uneb está com inscrições abertas para cursos de pós-graduação na modalidade à distância

21032642_1628128277261374_8323208884263559165_n
A Universidade do Estado da Bahia (UNEB) está com inscrições abertas, até o dia 4 de setembro, do processo seletivo para ingresso na pós-graduação Lato Sensu na modalidade à distância. São ofertadas 885 vagaspara os cursos de Especialização em Gestão Pública; Gestão Pública Municipal; Gestão em Saúde; Educação à Distância; Interdisciplinar em Estudos Sociais e Humanidades e em Formação de Professores em Letras/LIBRAS, em conformidade com o Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB/CAPES/MEC). As inscrições são realizadas, exclusivamente, via internet, por meio do site: http://www.selecao.uneb.br/unebeadpos2017De acordo com o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, a oferta desses cursos vai ao encontro às ações adotadas pelo Estado da Bahia para o fortalecimento do eixo pedagógico nas escolas. “Esta é mais uma iniciativa voltada à formação de professores que atuam na rede estadual e também nas redes municipal de ensino, tendo como ponto fundamental o fortalecimento do eixo pedagógico nas escolas, na medida em que a pós-graduação amplia os conhecimentos dos professores. Eles, consequentemente, fazem esta devolutiva para as salas de aula, melhorando o seu desempenho profissional e também a qualidade da Educação”, afirmou.

A UNEAD publicará no site www.campusvirtual.uneb.br a homologação das inscrições, assim como o horário e polo onde os candidatos realizarão as provas, previtas para o dia 23 de setembro, de acordo com o número de inscritos. O resultado final será divulgado a partir do dia 17 de outubro de 2017.

Acesse o edital com todas as informações no Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br

 

Estado amplia acesso à bolsa permanência para professores prestes a se aposentar  

Retorno as Aulas no Colegio Pedro Calmon (16)

Os professores que possuem os requisitos para a aposentaria, mas que desejam permanecer em atividade, podem requerer, a qualquer tempo, o benefício da Bolsa de Estímulo à Permanência em Atividade de Classe, implementada pela Lei n° 13.595/2016. A medida é baseada em portaria publicada pela Secretaria da Educação, no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (16). Aqueles que optarem pela bolsa e decidirem continuar lecionando recebem valores de R$ 800, para carga horária de 20h, e de R$ 1.600, para 40 horas. A vigência do recebimento da bolsa é a partir da data da publicação do ato de concessão.

“A Bolsa de Estímulo à Permanência em Atividade de Classe é uma iniciativa que reflete os esforços empreendidos pelo Governo do Estado para melhorar a educação pública. Afinal, estamos tratando de professores com larga experiência, profissionais que dedicaram suas vidas à escola e que, portanto, podem optar em continuar contribuindo com a educação e com a formação dos nossos estudantes”, comentou o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

Dentre os requisitos para ser beneficiado, o professor precisa ter completado as exigências para a aposentadoria voluntária nos termos da Lei nº 11.357/2009; estar lotado em uma unidade escolar e ter optado por permanecer em efetiva regência de classe. A Bolsa de Estímulo à Permanência será paga pela Secretaria da Educação do Estado mensalmente e, exclusivamente, durante o ano letivo, e serão levadas em consideração áreas do conhecimento em que haja carência de docentes na rede estadual.

Os professores poderão dar entrada na solicitação do benefício se dirigindo ao SAC Educação, em Salvador e Feira de Santana, ou no Núcleo Territorial de Educação (NTE) vinculado à sua escola. Na etapa seguinte, o setor de Recursos Humanos da Secretaria da Educação apreciará os pedidos para a publicação dos contemplados, por meio do Diário Oficial do Estado.

Foto: Claudionor Junior/Ilustração

- ASCOM

Solenidade de Posse Coletiva do Colegiado Escolar da Rede Estadual de Amargosa

No dia 18/07/2017 (terça-feira), aconteceu a solenidade de posse coletiva do Colegiado Escolar da Rede Estadual de Amargosa no Espaço Nordeste. A recepção ficou por conta do som ao vivo da banda Farinha de Guerra. A abertura oficial foi realizada pelo mestre de cerimônia Van Couto seguindo com a reprodução do Hino nacional. O secretário da Educação Walter Pinheiro deixou sua saudação através de vídeo institucional.DSC03739

A mesa foi composta  com a presença dos gestores Neilton Cruz, Diretor do Col. Santa Bernadete , Tatiane Andrade, Vice-Diretora do Col. Pedro Calmon, Joelma Cristina Diretora do CETEP Vale do Jiquiriçá, Silvana Sales, Diretora da Escola Almeida Sampaio, Andréa Ioná, diretora do NTE 09 e Ivan Silva, gestor do Colégio Estadual Democrático Professor Rômulo Galvão em Elísio Medrado, que foi convidado para o relato de experiência positiva durante o mandato do colegiado escolar. O mesmo teve a escola entre uma das 18 melhores em Gestão democrática no mundo.

Durante a cerimônia de posse houve apresentações artísticas de estudantes da Escola Estadual Almeida Sampaio e do CETEP Vale do Jiquiriçá com belas apresentações.DSC03735DSC03640

Houveram mini-palestra sobre as funções e importância do colegiado para a escola, sugestões para o bom funcionamento do colegiado escolar e findou com a entrega dos certificados por representante escolar. A cerimônia também findou com coquetel e a Banda Farinha de Guerra.DSC03741

Implementação do MedioTec no Colégio Estadual Edilson Freire

banner_mediotec

             A SEC-BA em parceria com município pretende implantar o MedioTec no Colégio Estadual Edílson Freire, em Maracás. Inicialmente com curso na área natural: Técnico em Agroecologia. O público alvo está restrito aos estudantes do 2º ano do ensino médio que estejam na faixa etária de 15 a 19 anos. Esteve em visita ao Colégio nesta quinta-feira uma equipe da SEC-BA coordenada pelo Sr. Vlamir Landim (Acessor especial do gab. do secretário da Educação Walter Pinheiro). Acompanharam também o Sr. Wilson Novaes (Soia) prefeito municipal, os vereadores Dinha, Jó de Felício e Juarez do torno. Em sua fala, o gestor municipal justificou o seu empenho em trazer pra Maracás esta modalidade de curso ao tempo em que disponibilizou a estrutura do município para viabilizar o desenvolvimento pleno das ações propostas pelo programa federal MedioTec.

           Os estudantes selecionados por sistema eletrônico dentro dos critérios estudarão em turno oposto, durante três semestres e ainda receberão auxilio financeiro de até trezentos reais por mês com objetivo de subsidiar lanche e transporte. Por fim, o diretor José Carlos Gomes agradeceu a visita da equipe e congratulou a todos em nome dos professores, estudantes e funcionários de um modo em geral mencionando a alegria de ter no CEEF mais um curso que tem como objetivo qualificar o estudante para o enfrentamento e desafios da economia regional e local.

Fonte: Alexsandra Souza

Estudantes de Elísio Medrado promovem Bazar Solidário neste sábado para ajudar pessoas carentes da cidade

18870030_1410585559020295_1492300106_o

A comunidade escolar do Colégio Estadual Democrático Professor Rômulo Galvão, localizado na cidade de Elísio Medrado (224 km de Salvador), no Centro Norte do Estado, realiza, nesta sábado (3), a partir das 9h, o “10º Bazar Solidário”. Trata-se de uma ação beneficente para atender famílias carentes da cidade, que é organizado pelos líderes de classe da unidade escolar como forma de exercitar a solidariedade e a cidadania.

Para a realização do Bazar, os estudantes contaram com a solidariedade da comunidade na doação de agasalhos, roupas, sapatos, cobertores e acessórios. “O bazar do Rômulo Galvão já virou uma tradição. É um movimento para despertar o sentimento da cidadania e a solidariedade, que é feito pelos estudantes durante o período de frio que a cidade passa nessa época do ano. Nós gestores, professores e funcionários da unidade fazemos um trabalho de sensibilização, mas o protagonismo é todo deles” explica o diretor Ivan de Jesus.

A líder de classe Dandara Isnaia Ferreira dos Santos, 18, 3º ano, faz parte da organização do evento e fala da alegria em participar da atividade. “É muito gratificante fazer um gesto nobre. Além de estarmos ajudando  a quem precisa, estamos crescendo como seres humanos. Estamos alcançando nosso objetivo que é o de minimizar o frio de alguns e, também, de despertar nos moradores da cidade o sentimento de solidariedade”, acredita.

 18870177_1410585575686960_775245458_o

Já Matheus Patury Ramos Araújo, 15, 1º ano, participa, pela primeira vez, como organizador do bazar e fala sobre a sua realização pessoal.  “Como eu estudava em outra unidade, eu acompanhava o bazar junto com minha família ajudando nas doações. Estou muito feliz de estar na organização agora e de poder ajudar o próximo. A população da cidade também está de parabéns, pois colaborou e doou muita coisa”, comemora.

Fotos: Divulgação

- ASCOM

Começa a coleta de dados para o Censo Escolar da Educação Básica

Inicio das Aulas no Colegio David Mendes em 2017 076 

Começa, nesta quarta-feira (31), o Censo Escolar da Educação Básica e a Secretaria da Educação do Estado orienta para que os gestores das escola estaduais atualizem as informações dos estudantes e das unidades escolares no Sistema de Gestão Escolar (SGE). Os dados informados serão migrados para o Sistema Educacenso, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

Os dados coletados pelo Censo Escolar servem de base para a formulação de políticas públicas e para a distribuição de recursos públicos como alimentação e transporte escolar, distribuição de livros e uniformes, implantação de bibliotecas, instalação de energia elétrica, Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), entre outros. Os dados também são utilizados no cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), por outros ministérios como Saúde e Esportes e por organismos internacionais como a UNESCO e o UNICEF.

A superintendente de Gestão da Informação Educacional do Estado, Cristiane Soares Ferreira, diz que esta atualização é imprescindível. “É essencial que os dados coletados sejam fidedignos para que a gente tenha a geração de políticas públicas de Educação adequadas para o nosso Estado. Além disso, esses dados são pré-requisito para as provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB)”, destaca.

Treinamentos – Para respaldar a ação junto aos gestores escolares, a Secretaria da Educação do Estado realizará, a partir desta segunda-feira (5), treinamentos para técnicos dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) e de secretarias municipais de Educação, para a execução do censo nos municípios baianos. A primeira capacitação será no NTE 26, que envolve Salvador e Região Metropolitana. Neste caso, os técnicos preencherão os dados no Sistema Educacenso disponíveis no link: http://educasenso.inep.gov.br.

O Censo é realizado anualmente em regime de colaboração entre o INEP e as secretarias estaduais e municipais da Educação, em caráter declaratório e mediante coleta de dados descentralizados. A ação engloba todos os estabelecimentos públicos e privados de educação básica, onde são coletadas informações dos estudantes, turmas, escolas e profissionais da educação como unidades de informação principal.

Confira aqui o calendário de treinamentos no Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br

Fotos: Claudionor Junior – Ilustração

Últimos dias de inscrição para a 7ª Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia

Terminam, nesta quarta-feira (31), as inscrições para a 7ª Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (FECIBA). A feira é promovida pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia para estimular o estudo das Ciências em sala de aula. Para se inscrever, gestores, professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual deverão aderir ao evento, que será realizado em 2018.
“A FECIBA é uma das iniciativas, por meio da qual, estamos estimulando os nossos estudantes no estudo das Ciências e no interesse pela pesquisa científica, fazendo com que despertem para suas vocações e revelem suas capacidades criativas. É, sobretudo, um momento em que os alunos apresentam o resultado dos projetos desenvolvidos em sala de aula, orientados pelos professores, que têm relação com os lugares onde eles vivem e que, geralmente, apresentam soluções para problemas vivenciados pelas suas comunidades”, destaca o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.
Uma das novidades para a 7ª FECIBA é a premiação com Bolsa de Iniciação Científica Junior do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para os 22 primeiros colocados. Uma das etapas da FECIBA é a realização das Feiras Escolares de Ciências, Matemática e Empreendedorismo, que deverão ocorrer de 1º de agosto e 30 de setembro deste ano. Todos os estudantes poderão participar das feiras escolares independente da série, mas só os projetos dos estudantes do Ensino Fundamental e até o 2º ano do Ensino Médio poderão ser submetidos à FECIBA, tendo em vista que a 7ª edição será realizada no próximo ano letivo.
Na 7ª FECIBA, a modalidade Empreendedorismo também será ampliada, segundo destaca a coordenadora do Programa Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do Estado, Shirley Costa. “Com isto, teremos a perspectiva do envolvimento da construção de conhecimentos, a partir dos aspectos econômicos das regiões onde as escolas estão inseridas. A nossa expectativa é que, com isto, iremos atrair muitos novos projetos voltados ao Empreendedorismo”, afirma.
Para isto, a Secretaria da Educação está fazendo parcerias com instituições que trabalham com o Empreendedorismo na Educação, como é o caso do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), para a realização de oficinas e palestras sobre o tema no próprio SEBRAE e durante a 6ª FECIBA, que acontece no segundo semestre deste ano.

Estado promove mais de 1.600 professores e coordenadores pedagógicos por titulação acadêmica  

866e4535-0283-4c97-a28f-8fdda135cfbe

Como parte da política de valorização dos profissionais da Educação, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia divulgou, nesta quinta-feira (25), a progressão funcional por avanço vertical para 1.635 professores e coordenadores pedagógicos dos Ensinos Fundamental e Médio, da carreira do magistério estadual. A ação é resultado de cursos de pós-graduação realizados pelos educadores, sendo 1.189 por especialização, 404 por mestrado e 42 por conclusão de cursos de doutorado. Estes educadores já receberão na folha de pagamento do mês de junho, retroativo a 1º de maio.

“A progressão funcional por avanço vertical traz um ganho salarial para os professores e coordenadores pedagógicos, mas, principalmente, deve resultar na qualidade da Educação, tendo em vista que estes profissionais desenvolvem pesquisas e ampliaram seus conhecimentos durante suas pós-graduações. Portanto, é mais um reconhecimento do Estado pelo aperfeiçoamento profissional dos educadores e, com isso, os estudantes também serão beneficiados”, afirma o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

A professora Emanuelle Santos de Carvalho Cardoso, do Colégio Estadual Inácio Tosta Filho, em Itabuna, região Sul da Bahia (436 km de Salvador) foi uma das beneficiadas com a progressão funcional. Lecionando há 10 anos, ela destaca a importância deste benefício para a sua carreira no magistério estadual. “A progressão representa, para mim, o reconhecimento do esforço, da dedicação e da determinação do professor, que sai da zona de conforto e busca ampliar seus conhecimentos para ter uma base mais sólida para lidar com os alunos, que, hoje, com acesso a tanta informação, trazem questionamentos que exigem mais desse professor. Para mim é uma dose a mais de incentivo para continuar me aperfeiçoando profissionalmente”, comemora.

Com esta progressão, um professor da rede estadual com carga horária de 40 horas, terá uma remuneração inicial de R$ 3.332,05, com mestrado de R$ 3.971,31 e com doutorado de R$ 4.725,86.

Foto da professora Emanuelle: Divulgação