Estado promove mais de 1.600 professores e coordenadores pedagógicos por titulação acadêmica  

866e4535-0283-4c97-a28f-8fdda135cfbe

Como parte da política de valorização dos profissionais da Educação, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia divulgou, nesta quinta-feira (25), a progressão funcional por avanço vertical para 1.635 professores e coordenadores pedagógicos dos Ensinos Fundamental e Médio, da carreira do magistério estadual. A ação é resultado de cursos de pós-graduação realizados pelos educadores, sendo 1.189 por especialização, 404 por mestrado e 42 por conclusão de cursos de doutorado. Estes educadores já receberão na folha de pagamento do mês de junho, retroativo a 1º de maio.

“A progressão funcional por avanço vertical traz um ganho salarial para os professores e coordenadores pedagógicos, mas, principalmente, deve resultar na qualidade da Educação, tendo em vista que estes profissionais desenvolvem pesquisas e ampliaram seus conhecimentos durante suas pós-graduações. Portanto, é mais um reconhecimento do Estado pelo aperfeiçoamento profissional dos educadores e, com isso, os estudantes também serão beneficiados”, afirma o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

A professora Emanuelle Santos de Carvalho Cardoso, do Colégio Estadual Inácio Tosta Filho, em Itabuna, região Sul da Bahia (436 km de Salvador) foi uma das beneficiadas com a progressão funcional. Lecionando há 10 anos, ela destaca a importância deste benefício para a sua carreira no magistério estadual. “A progressão representa, para mim, o reconhecimento do esforço, da dedicação e da determinação do professor, que sai da zona de conforto e busca ampliar seus conhecimentos para ter uma base mais sólida para lidar com os alunos, que, hoje, com acesso a tanta informação, trazem questionamentos que exigem mais desse professor. Para mim é uma dose a mais de incentivo para continuar me aperfeiçoando profissionalmente”, comemora.

Com esta progressão, um professor da rede estadual com carga horária de 40 horas, terá uma remuneração inicial de R$ 3.332,05, com mestrado de R$ 3.971,31 e com doutorado de R$ 4.725,86.

Foto da professora Emanuelle: Divulgação

Atenção estudante – Últimos dias para as inscrições no ENEM

Os estudantes têm até esta sexta-feira (19) para fazer a inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), cujas provas serão realizadas nos dias 5 e 12 de novembro. Durante toda a semana, professores e gestores das escolas estaduais estão auxiliando os estudantes no processo. Por meio da campanha ENEM 100%, da Secretaria da Educação do Estado, as escolas estão disponibilizando os laboratórios de informática, secretarias e outras salas com computadores e acesso à Internet para que os estudantes garantam suas inscrições para o exame.
Além de apoio para as inscrições, o ENEM 100% envolve várias ações articuladas, como a realização de aulões e simulados. Para auxiliar os estudantes na preparação para as provas a Secretaria da Educação do Estado disponibiliza também mais de quatro mil conteúdos digitais educacionais no Ambiente Educacional Web. São conteúdos de todas as disciplinas das áreas de conhecimento, inclusive videoaulas, e de todos os níveis de ensino, produzidos e/ou catalogados por educadores da Rede Anísio Teixeira.
Isenção
Os estudantes da 3ª série do Ensino Médio da rede estadual de ensino possuem isenção garantida na inscrição do ENEM. Para isto, eles devem informar, no ato da inscrição, o seu CPF e a data de nascimento. Com esses dados, o sistema identifica automaticamente quem são os alunos de escolas públicas e o valor, que seria de R$ 82, é liberado. A inscrição pode ser feira através do portal do Inep.
A rede estadual tem 125 mil alunos matriculados no 3º ano do Ensino Médio aptos a realizarem o ENEM.

CETEP do Vale do Jiquiriçá promove neste sábado oficinas temáticas na área de Saúde

Os estudantes do Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) do Vale do Jiquiriçá, no município de Amargosa (a 240 km de Salvador), situado na região Centro-Sul Baiano, participam, neste sábado (13), das 7h30 às 12h, do IV Circuito Interdisciplinar da Saúde. Trata-se de uma das atividades dos chamados “sábados produtivos do CETEP”, que incluem oficinas e aulas de campo voltadas aos cursos técnicos dos eixos de Saúde, Ciências Agrárias e Gestão e Negócios.

 1703_CETEP - Vale do Jiquiriçá_sábado produtivo 6

Para este sábado estão programadas quatro oficinas: Mitos e verdades da alimentação; Sistema circulatório e sinais vitais; Microscopia e Conhecendo os componentes dos alimentos. Haverá, ainda, o minicurso Medicação parenteral. Estão aptos a participar estudantes dos cursos técnicos de Enfermagem e Análise Clínica, além dos alunos do 1º ano dos cursos técnicos em Agropecuária e Administração. A ação é uma oportunidade de os alunos exercitarem os conteúdos discutidos em sala de aula, tornando o aprendizado mais significativo e atraente através de atividades práticas

A vice-diretora pedagógica, Ivanise Diniz, explica que as oficinas e as aulas de reforço englobam o chamado Circuito Interdisciplinar, projeto que o CETEP do Vale do Jiquiriçá realiza com o objetivo de potencializar o processo de ensino e aprendizagem a partir da intensificação da prática pedagógica dos conteúdos. O circuito de Saúde, no caso, tem o objetivo de promover o aprendizado, aliado à prática profissional das técnicas em Análise Clínica e Enfermagem.

“A proposta é trazer reforço, por meio das oficinas, para melhor capacitar os nossos técnicos para o mercado de trabalho. Conciliar teoria e prática é sempre motivante para eles. Com isso, os sábados letivos se tornam mais pedagogicamente significativos”, ressalta explica a vice-diretora pedagógica Ivanise Diniz.

Envolvimento estudantil – Os estudantes Caíque da Silva, 23 anos, e Nilzete Moura, 17 anos, ambos do curso técnico em Agropecuária, estão entusiasmados com as oficinas oferecidas pelo CETEP. Caíque já participou de pelo menos três, entre as quais a de ‘Produção de Pizza’ e a de ‘Controle da fumagina em citrus’. “É muito interessante a gente aprender que podemos controlar a praga sem o uso de agrotóxico”, afirma Caíque ao destacar a importância desta ação que tem com o trabalho como princípio educativo.

 1703_CETEP - Vale do Jiquiriçá_sábado produtivo 11

Provas para o processo seletivo da Educação acontecem domingo

Simulado Enem no Colégio Estadual Ruben Dário - Foto Suâmi Dias (37)

Já estão disponíveis os cartões de inscrição com os locais de provas para os candidatos que irão fazer, neste domingo (7), o Processo Seletivo Simplificado promovido pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia. O processo visa a contratação, por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), de professores e profissionais da Educação. Os cartões de inscrição estão disponíveis no site: www.ibrae.com.br

As provas serão aplicadas no turno matutino, das 8h às 12h, para as funções de professor da Educação Profissional, preceptor de estágio Enfermagem, técnico de Atendimento Educacional Especializado, tradutor/Interprete de Libras, cuidador educacional, braillista, instrutor de Libras, professor, por segmento da Educação e o do técnico de nível médio/mediador. No turno vespertino, das 14h às 18h, serão realizadas as provas para professor da Educação Básica, da Educação Básica no Campo e Professor Indígena.

Vagas – A seleção visa a contratação de 2.483 professores da Educação Básica, Educação no Campo e mais 215 vagas para professor Indígena. O processo seletivo também envolve 961 vagas para a função de técnico de nível médio/mediador para o Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (Emitec).

São ofertadas, ainda, 519 vagas destinadas a professores da Educação Profissional e Tecnológica e 211 vagas iniciais para professor substituto da Educação Básica. São mais 157 vagas para preceptor de estágio de Enfermagem das unidades da Educação Profissional e Tecnológica e mais 655 vagas da Educação Especial, destinadas a técnicos de atendimento educacional especializado, tradutor/intérprete de Libras, cuidador educacional, braillista e instrutor de Libras.

Foto: Ilustração

Caminhada Agroecológica do Colégio Estadual Edivaldo Boaventura em Brejões

Foi realizada uma caminhada agroecológica com aula de campo organizada pelo professor Oziel Trindade, pelas bolsistas do Programa Pibid Diversidade da UFRB e com o apoio total da gestão do CEEB. Contou também com a participação e apoio da professora Maria Fernanda Marques. A atividade envolveu os alunos de duas turmas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do CEEB – Km 100 e teve apoio maciço dos moradores de uma comunidade rural no município e contou com a parceria da Secretaria Municipal de Educação do Município de Brejões.

A caminhada agroecológica foi realizada na comunidade rural do Mamão do mato nas proximidades do Recreio dos Viajantes em Brejões (Comunidade de José de Deus e Mariana de Deus). A programação incluiu também uma atividade cultural que visou resgatar a cultura das trovas e chulas associadas às rezas típicas de um sincretismo religioso forte nesta comunidade. Para receber os alunos e toda a comunidade do Mamão do Mato, foi organizada uma grande feijoada que foi degustada entre os participantes da atividade entre diálogos, reflexões, risos e muita descontração.

Uma caminhada agroecológica constitui uma atividade prática de campo que pode atuar como uma excelente estratégia didática para geração de conhecimento. Representa, uma atividade educativa e recreativa, que envolve a incorporação de princípios do ecologismo traduzidos na prática de Educação Ambiental de vertente emancipatória; na adoção de critérios de atenuação de impactos socioambientais; e na difusão em linguagem acessível de conhecimentos multidisciplinares ou interdisciplinares sobre os locais visitados, utilizando, para isso, a orientação de profissionais qualificados. Além disso, constitui uma ferramenta para resgatar a necessidade de adoção de modelos sustentáveis de produção agropastoril e de utilização racional dos recursos naturais.

A atividade teve natureza didática, instrutiva, educativa e recreativa e demonstrou mais uma vez a potencialidade de atividades práticas como uma ferramenta extremamente eficiente na formação do aluno, seja ela pelos conteúdos tratados em campo nas andanças pelas trilhas da Caatinga ou pelas experiências que resgatam valores humanos e sensação de pertencimento. Houve o reconhecimento dos alunos a difícil vida dos moradores sertanejos rurais que conseguem preservar a alegria mesmo vivendo em locais com condições tão adversas.

Confira na íntegra: http://ceedivaldoboaventura.blogspot.com.br/2017/03/caminhada-ecologica-do-ceeb.html?spref=fb

Fonte: Dirceu Assis

Alunos do Colégio Estadual Aldemiro Vilas Boas concorrem ao Prêmio Votação Popular na FEBRACE

           1980 (1)

                 Os alunos Leandro Andrade Santos e Aisline dos Santos do Colégio Estadual Aldemiro Vilas Boas, de  São Miguel das Matas, desenvolveram um belo trabalho sobre O uso de agrotóxicos na agricultura familiar miguelense (São Miguel das Matas – BA): uma relação entre PIBIC e escola, na orientação dos professores Alaécio Moura Peixoto de Jesus e Floricéa Magalhães Araújo, uma pesquisa via PIBIC-EM em parceria com a UFRB/FAPESP/CNPQ e com o grupo de Ciência, Tecnologia e Ensino de Química (CITEQ), diante da avaliação dos produtos apresentados a escola foi selecionada pela Secretaria do Estado da Bahia para participar da 15ª FEBRACE.

                Até o dia 23 de março de 2017 o projeto estará concorrendo ao  Prêmio Votação Popular na FEBRACE 2017.

                    Para votar clique no link  e deixe o seu like:   http://febrace.org.br/virtual/2017/AGR/114/

Secretaria da Educação do Estado divulga diretrizes para eleição dos colegiados escolares    

A imagem pode conter: texto

As escolas da rede pública estadual de ensino já podem iniciar a mobilização dos membros da comunidade escolar para participar da gestão da escola. Trata-se da eleição do Colegiado Escolar biênio 2017/2019, que será realizada nas escolas, no período de 8 a 12 de maio. Na última quinta-feira (8), foi divulgado no Diário Oficial do Estado, as diretrizes e os procedimentos básicos para o processo eletivo do Colegiado Escolar nas unidades de ensino.

O Colegiado Escolar tem a função de promover a participação e acompanhamento das ações pedagógicas, administrativas e financeiras da escola. Ele é composto pelo diretor da escola e representantes de professores, funcionários, estudantes, pais, mães ou responsáveis.

De acordo com a Coordenadora de Articulação dos Núcleos Territoriais de Educação da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Andréa Liger, em relação aos familiares, para participar do colegiado, os interessados devem entrar em contato com a direção da escola e se informar sobre os procedimentos. “Já estamos preparando a equipe técnica que vai realizar a formação dos gestores escolares, por meio de encontros, em todos os NTEs, com o objetivo de formar as Comissões Eleitorais Escolares”, destaca.

A coordenadora também informa que, a partir dessa formação com os gestores das unidades de ensino, serão realizadas as atividades nas escolas para a eleição. “A importância dessa ação é a possibilidade que toda a comunidade escolar tem de se fazer representada nos processos decisórios da escola e a possibilidade de colaborar para a melhoria da qualidade da escola pública”, conclui a coordenadora.

Fonte: ASCOM/SEC

 

Secretaria apresenta Plano de Trabalho para Diretores dos 27 Núcleos Territóriais de Educação

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, realizou encontro, na segunda-feira (20), com os coordenadores dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE). A reunião, que aconteceu na sede do órgão, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), apresentou o plano de trabalho para os anos de 2017-18, com enfoque no fortalecimento do coordenador pedagógico nas unidades, assim como as novidades e parcerias que irão auxiliar a educação em toda a rede estadual.

Para o secretário, os núcleos têm que contribuir na reformulação da educação, partindo de uma gestão que respeite o conceito territorial. Pinheiro pautou como principal desafio da Educação o desenvolvimento do eixo pedagógico e disse que a secretaria está trabalhando para que todas as escolas passem a contar com uma coordenação pedagógica. “Pedagogia não é uma agenda. Toda escola com coordenação pedagógica é o desafio pautado para toda a Secretaria da Educação, que se coloca como ferramenta, como apoio”, afirmou.

Pinheiro ainda falou sobre como a Secretaria pretende aumentar a aproximação com os Núcleos. “Estamos criando a Coordenação de Núcleos Territoriais com a função de ampliar essa relação, dando todas as condições para realizarmos um trabalho focado nos aspectos específicos de cada território”. Outra iniciativa destacada é a reestruturação do Instituto Anísio Teixeira, que passará a atuar na formação de professores de forma territorial, em parceria com as universidades públicas estaduais e federais na Bahia, além dos institutos federais.

A diretora Solange Sampaio, do Núcleo Territorial de Educação do Litoral Sul (NTE 5), falou sobre a importância do encontro. “Essa reunião foi fundamental pois apresenta as ações da Secretaria para efetivar as atuações dos Núcleos em suas regiões. Ficamos muito satisfeitos pela criação da coordenação, pois é algo que já vínhamos sinalizando essa necessidade e nesse momento é anunciado essa aproximação tão esperada”, enfatizou.

Já para o diretor Ricardo Moraes, do Núcleo Territorial de Educação do Sudoeste Baiano (NTE 20), o momento “foi essencial pois mostra o perfil desta gestão que dá um novo redimensionamento do sentimento da escola, resgatando o sentimento pedagógico e o papel da escola”, pontuou.

Projetos

O secretário também apresentou novos projetos que serão desenvolvidos na Rede Estadual, como o projeto Inove Educação, desenvolvido em parceria com o Google para a disponibilização gratuita da plataforma Google Apps para Educação. O aplicativo Google Sala de Aula disponibiliza um Ambiente Virtual de Aprendizagem de última geração, dinamizando os processos de ensino e aprendizagem e configurando uma rede social de conhecimentos que integra estudantes e professores.

Pinheiro citou a implantação de novos Centros Juvenis de Ciência e Cultura, hoje presentes em cinco municípios; das Escolas Culturais, que disponibilizarão cursos e ferramentas para fomentar a produção audiovisual, além de salas de exibição; dos Escritórios Criativos, para fomentar o empreendedorismo; o desafio de conectar todas as escolas através da banda larga; além da realização do Virtual Educa 2018, na Bahia. O secretário informou que serão investidos mais de R$ 90 milhões para assegurar a recuperação e a manutenção de escolas, além de novos investimentos em mobiliário, bibliotecas, material didático e de R$ 32 milhões na aquisição de gêneros alimentícios da Agricultura Familiar.

Fonte: Ascom/Educação

Jornada Pedagógica mobiliza escolas e comunidades para o planejamento do ano letivo 2017  

A Secretaria da Educação do Estado promove, de 1º a 3 de fevereiro, a Jornada Pedagógica para o planejamento do ano letivo 2017. Trata-se de um espaço coletivo de organização do trabalho pedagógico, que envolve professores e gestores em todas as escolas estaduais e que, também, é aberto para estudantes, famílias e representantes das comunidades locais. Neste ano, a jornada tem como tema “Escola e Comunidade para Educar e Transformar” e acontece em dois momentos, tendo a segunda etapa programada para o dia 21 de julho.

A Jornada Pedagógica traz atividades diversificadas para o fortalecimento de práticas educativas e socialização de metodologias que despertem o interesse, a participação e a aprendizagem dos estudantes. Durante os três dias de trabalho, os participantes fazem uma avaliação do ano letivo de 2016 e discutem o Projeto Político Pedagógico das escolas, além do planejar as atividades interdisciplinares a serem realizadas em cada unidade escolar em 2017.

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, fala sobre a importância deste momento. “Estamos trabalhando intensamente para que 2017 seja marcado pela mudança do eixo pedagógico nas escolas da rede. Estamos fazendo todos os esforços para que toda unidade escolar tenha o seu coordenador pedagógico e diversas atividades. Este ano, ganhamos mais 30 escolas em Tempo Integral. Vamos trabalhar muito, também, para a introdução da tecnologia, mas a tecnologia é apenas uma ferramenta. O mais importante é o espírito da escola, que é o seu conteúdo pedagógico, e este só pode ser tocado com o envolvimento das pessoas neste projeto”, afirmou.

 IMG-20160202-WA0036

Conteúdos online - Como parte do suporte para a Jornada Pedagógica, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia disponibiliza uma série de materiais de apoio no Portal da Educação. Pelo endereço (http://jornadapedagogica.educacao.ba.gov.br) é possível acessar a programação da Jornada e as informações sobre os projetos estruturantes. Também estão disponíveis materiais de apoio aos professores, como Plano de Aula, Plano de Unidade por Componente Curricular e Plano por Área de Conhecimento. O Portal oferece, ainda, os instrumentos de avaliação das experiências positivas e os ajustes que devem ser feitos para o sucesso das atividades desenvolvidas, dando subsídios para o fortalecimento do trabalho pedagógico, durante o ano letivo.

 

Fotos: Divulgação

Secretaria da Educação do Estado oferta mais de 11 mil vagas para a Educação Profissional

Feira de serviços de educação a comunidade (50)

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia abre, na próxima segunda-feira (09), a inscrição do Sorteio Eletrônico para 11.748 mil vagas dos cursos técnicos de nível médio, na forma de articulação Subsequente da rede estadual de Educação Profissional. As vagas são para estudantes que já concluíram o Ensino Médio e que querem voltar a estudar. São 53 cursos técnicos de nível médio de 11 Eixos Tecnológicos oferecidos nos Centros Estaduais e Territoriais de Educação Profissional e seus anexos, em 57 municípios baianos, nos 27 Territórios de Identidade. As inscrições podem ser feitas até 17 deste mês, exclusivamente, no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). A oferta por Centro de Educação Profissional e município também pode ser conferida no Portal da Educação.

“A oferta da Educação Profissional da Bahia tem crescido, a partir de 2007, quando se tornou uma prioridade do Governo do Estado investir na formação e preparação dos jovens para o mundo do trabalho. Portanto, só na modalidade Subsequente são quase 12 mil novas vagas ofertadas a estes jovens e trabalhadores, para que possam atender a demanda competitiva do mundo do trabalho e se beneficiar do desenvolvimento socioeconômico e ambiental do Estado”, afirmou o secretário da Educação do Estado da Bahia, Walter Pinheiro.

Das vagas ofertadas, 9.288 são para o interior do Estado e 2.460 mil para Salvador e Região Metropolitana de Salvador (RMS). O sorteio será realizado às 15h do dia 23 de janeiro, no auditório da Secretaria da Educação do Estado, localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

Somente poderá participar do Sorteio Eletrônico o estudante que tenha concluído o Ensino Médio e suas modalidades, de forma gratuita, seja em estabelecimentos de ensino da rede pública de Educação – no âmbito federal, estadual ou municipal – ou que tenha, comprovadamente, cursado o Ensino Médio em instituição filantrópica ou em instituição privada na condição de bolsista integral.

Inscrição - No ato da inscrição, o candidato deverá fazer a opção para um único município, Centro de Educação Profissional, curso e turno. Ele poderá alterar os dados pessoais, a senha, o curso e o turno para o qual pleiteia a vaga nos Centros até o último dia de inscrição. Não será permitido alterar o município de residência e o CPF.

Matrícula – A matrícula para os contemplados no Sorteio Eletrônico ocorrerá no período de 1º a 3 de fevereiro de 2017. Os candidatos contemplados deverão se dirigir aos Centros Territoriais e Estaduais de Educação Profissional para os quais se inscreveram. No ato da matrícula, devem ser apresentadas cópias e originais dos seguintes documentos: CPF, histórico escolar, Carteira de Identidade e comprovante de residência. O início das aulas está previsto para 06 de fevereiro de 2017.

Todos os candidatos inscritos serão sorteados e classificados. Mas só serão convocados para a matrícula, os contemplados de acordo com a classificação e o número de vagas ofertadas em cada centro. Inicialmente, os contemplados serão convocados para efetivar a matrícula. Havendo desistência, as vagas residuais serão preenchidas de acordo com a classificação dos demais candidatos.

Os candidatos contemplados no Sorteio Eletrônico para os cursos no eixo tecnológico Produção Cultural e Design, ofertados pelo Centro Estadual de Educação Profissional em Artes e Design, em Salvador, passarão por um teste de habilidade específica. O teste, de caráter eliminatório, será aplicado no próprio Centro, durante o período de matrícula. Os estudantes deverão se dirigir ao Centro com os documentos necessários, pois se aprovados no teste de habilidade específica efetivarão a matricula imediatamente após o teste.

 

Foto: Claudionor Junior